Lisa Ster Coy

Poesia e algo mais...

Não sei e nada sei

Eu procuro algo

Um algo que nem sequer sei para que
Nem onde
Nem porquê.
Sequer sei o que sei
Eu procuro um encaixe
Mas o que será isto?
Todos duvidam que eu ache
Pois eles também estão perdidos.

E eu procuro um encaixe.

Um lugar onde eu caiba
e que seja bem-vinda.
Que eu olhe a tudo
E veja um mundo de esplendor.
Que eu saiba
Abrir asportas
E descobrir a cor
Do amor.

Mas eu sou como todos
E como todos não venho a saber.

Só sei que um dia farei e verei.
Só sei que, como Sócrates, nada sei.
 
 
Por Lisa Stér Cöy. 

 

<Poesia anterior               Voltar para índice               Próxima poesia>

 

Faça parte de nossa rede. Para se cadastrar clique em Register, você poderá ter seu perfil pessoal para postar comentários, receber atualizações e novidades do site.